top of page

Como as famílias podem ajudar a escola no processo de alfabetização?

Por Claudia Okayama e Joana P. Moser Dias da Escola CAMB


A relação Família – Escola pressupõe conexão, diálogo e proximidade. Compreender a forma que a Escola pensa educação e, a partir dela, conduz suas práticas diárias, é fundamental para que a família se conecte ao ideal propositivo da instituição de ensino por ela eleita. Com o processo de alfabetização não pode ser diferente.


Entender que a alfabetização não começa apenas aos 6 anos de idade com a chegada da criança ao 1º ano do Ensino Fundamental – o antigo Pré – é essencial para compreendê-la como um processo, um processo que começa com o letramento, isto é, apresentar e significar o universo letrado, as letras em si e sua função social.


Vivemos em uma sociedade em que a comunicação é cada vez mais facilitada e acessível, ao passo que o letramento se faz marcante desde muito cedo na vida das crianças. Os estímulos visuais, por meio de propagandas, tecnologia, desenhos e livros, dão significado às letras e despertam o interesse pelo mundo letrado.


Mas, enfim, como as famílias podem participar e contribuir para o processo de alfabetização de seus filhos?

Criando e promovendo situações distintas de contato com a escrita e a leitura no dia a dia, para que, assim, a criança entenda sua função, o motivo pela qual elas existem e porque são importantes de serem compreendidas. São bons exemplos de situações reais que podem ser propiciadas pelas famílias:


Ler! Ler para a criança e ler com a criança! Ler livros – e aqui vale tanto os livros impressos quanto os digitais -, ler cardápios, placas, manuais, revistas, cartas e todo esse acervo letrado gigantesco que temos diariamente ao nosso redor. Ler dá significado a aprender a ler e escrever, aguça a curiosidade da criança em revelar os mistérios distribuídos em linhas e parágrafos. E a leitura não precisa ser apenas feita pelo pai ou pela mãe, ela pode ser coletiva, compartilhada e também divertida, pode interagir, pode propor a identificação de letras conhecidas ou mesmo estimular a criatividade e interação ao sugerir desfechos incríveis e inéditos.


Conversar sobre o que se leu possibilita a reflexão sobre a leitura e o conteúdo, ampliando o repertório, a criticidade e a valorização sobre os aprendizados adquiridos.


Vida prática: Ler rótulos de produtos, cardápios em restaurante, placas nas ruas e receitas, bem como escrever listas de compras ou a tão desejada carta do Papai Noel são bons exemplos de apresentarmos de forma clara e efetiva a função prática da leitura e da escrita.


Jogos têm regras expressas em manuais, placar e desafios, para os quais tanto a leitura quanto a escrita têm uma importância evidente – os jogos possibilitam exercitá-las de forma lúdica e prazerosa. Vale jogos de tabuleiro, de letramento (como forca, bingo e memória), além dos de cartas e eletrônicos também. Associar a importância da aquisição da leitura e da escrita à diversão é extremamente relevante e benéfico.


Muitos são os caminhos que podem ser encontrados pelas famílias para participar desse processo tão envolvente e singular que é a alfabetização, mas se existe algo que acreditamos que jamais pode ser esquecido é: faça deste um momento prazeroso e significativo. Seu filho aprenderá, mais cedo ou tarde, a ler e escrever. Que fique a lembrança das brincadeiras, risadas, descobertas e dos desafios conquistados junto a você!


Artigo escrito por Claudia Okayama, Coordenadora Pedagógica; e Joana P. Moser Dias, Diretora de Comunicação Institucional da Escola CAMB.



Saiba mais sobre o CAMB - Escola Caminho Aberto

Desde 1979, o CAMB se propõe a fazer da escola um espaço que inspira e convida o estudante a participar ativamente do processo de construção de seu conhecimento, atuando de forma colaborativa, interativa, consciente, autônoma e crítica. Nosso espaço possibilita a interação próxima e constante com o verde, que aqui existe em abundância, bem como oportuniza o aprendizado para muito além da sala de aula. Os ambientes são integrados e flexíveis, oferecendo desafios, aprendizados e múltiplas possibilidades às diferentes faixas etárias. A Escola precisa ser o lugar que, individualmente e coletivamente, inspira, promove, potencializa e compartilha.


Veja informações completas sobre a escola no nosso buscador de escolas. Clique aqui.




Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page