top of page

Escola bilíngue X programa bilíngue: quais as diferenças?

Por Green Book School


Em um mundo cada vez mais globalizado, o domínio do inglês como segundo idioma passou a ter grande peso no momento de escolha de escolas. Com isso, muito se ouve falar sobre escolas bilíngues e programas bilíngues. Mas, afinal de contas: há uma diferença real entre esses termos e propostas?


A resposta é sim.


Uma escola bilíngue usa duas línguas para fazer valer a sua proposta pedagógica. O aluno se apropria do conhecimento na sua totalidade e é capaz de escrever e ler textos em dois idiomas, por exemplo. Outra grande diferença é que na Escola Bilíngue, a Educação Infantil deve oferecer imersão total no segundo idioma – ou seja, o segundo idioma é utilizado 100% do tempo. Isso faz também com que toda a equipe da escola deva ter o conhecimento do idioma e os professores, total domínio. Neste cenário, a língua passa a ser também o meio de comunicação entre alunos e equipe pedagógica. A partir do Ensino Fundamental, as matérias passam a ser dadas em inglês e português – na proporção 50%/50%. No Ensino Fundamental da Green Book, por exemplo, a grade curricular é composta por 10 aulas semanais ministradas em inglês – e neste caso, são aulas “em inglês”, e não “de inglês”. Matérias como Ciências, História e Geografia são lecionadas em inglês. Dessa forma, as habilidades como listening, speaking e reading continuam sendo trabalhadas, porém de forma indireta.


Um programa bilíngue, por outro lado, é algo adicional à rotina escolar. O aluno cumpre uma grade de aulas regular da escola em um período e pode ou não aderir a um programa de atividades ou aulas complementares no segundo idioma em um período adicional. Muitas vezes, os programas bilíngues são oferecidos por meio de parcerias com escolas de idiomas, editoras ou empresas especializadas neste serviço no contraturno escolar. Ou seja, neste modelo, o desenvolvimento do idioma é à parte.


A melhor escolha fica a critério de cada família. Há que se avaliar o perfil do aluno, o investimento e a logística que se adapta melhor a cada rotina familiar.




Sobre a Green Book School


A história da escola começou em 1994, ano em que a primeira unidade da escola foi fundada. A Green Book Kids, desde o início, já adotava o ensino bilíngue – um serviço raríssimo nesta época. Devido à alta adesão de alunos, a escola expandiu e inaugurou uma nova unidade de Ensino Fundamental I e, posteriormente, o Ensino Fundamental II e Médio. A escola adota o hibridismo metodológico, embasado em teorias que visam o desenvolvimento integral do aluno. A proposta pedagógica busca auxiliar os alunos a desenvolverem habilidades nas diferentes dimensões da personalidade – física/motora, social, afetiva, cognitiva, linguística e artística. Visam a formação de indivíduos críticos, questionadores, criativos, produtivos, autônomos e capazes de conviver com as diferenças e diversidades.


Quer saber mais sobre a Green Book School? Acesse a página com informações completas sobre a escola no buscador de escolas particulares SchoolAdvisor. Clique aqui.

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page