top of page

10 atletas negros atuantes e inspiradores na luta contra a discriminação


O esporte é uma ferramenta importante no combate à discriminação racial e de gênero. Veja abaixo a história de 10 atletas negros que são importantes representantes dessa luta, selecionados por Pedro Leonardo (jornalista do SporTV e especialista em cobertura esportiva).



Velocista norte-americano e primeiro atleta na história a ganhar 4 medalhas de ouro em uma edição dos Jogos Olímpicos. Tornou-se um símbolo pois sua vitória ocorreu na edição dos Jogos Olímpicos de 1936, em Berlim, quando Adolf Hitler era o líder da Alemanha Nazista.


Nos Jogos Olímpicos da Cidade do México, em 1968, no auge da luta racial nos Estados Unidos, os velocistas americanos Tommie Smith e John Carlos venceram as medalhas de ouro e bronze, respectivamente. Quando estavam no pódio, ao invés de olharem para a bandeira e cantarem o hino, ergueram seus punhos fechados, sinal do Movimento dos Panteras Negras, organização de combate à violência policial nos bairros negros.



A brasileira, nascida na comunidade Morro do Arroz, em Niterói, foi a única mulher na delegação brasileira e na modalidade de atletismo nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 1964. Apesar de não ter treinador, uniforme e nem material para competir, a atleta terminou as Olimpíadas em quarta colocação no salto em altura.


Um dos maiores nomes do automobilismo mundial, Hamilton é o primeiro – e único - piloto negro na Fórmula 1. O piloto afirma que já vivenciou episódios de racismo e também criticou várias vezes a falta de diversidade no grid da F1.


O pugilista, considerado por muitos o maior boxeador de todos os tempos, converteu-se ao islamismo e filiou-se à organização Islâmicos Negros, que lutava pelos direitos dos afrodescendentes norte-americanos.


Serena é a tenista feminina mais premiada da história do esporte, e ativista de diversas iniciativas antirracista.


Um dos principais nomes da NBA, LeBron já afirmou em diferentes momentos que acredita ser necessário usar de seu status para se posicionar e atrair olhares para as causas raciais e humanitárias. Possui uma fundação que tem como objetivo a distribuição de bolsas de estudos e o combate à evasão escolar.


A atleta brasileira é a única jogadora que participou de 7 Copas de Mundo. Já se posicionou publicamente contra o racismo, e diz condenar a falta de lideranças femininas e negras no esporte.


Kaepernick é jogador de futebol americano. Em 2016, durante a execução do hino nacional norte-americano em um jogo da NFL, o jogador se ajoelhou como forma de protesto ao genocídio negro. Mesmo sendo multado pela liga, o jogador repetiu seu ato de proteste em todos os jogos da temporada.


O jogador, que estava no time da França quando a seleção venceu a Copa do Mundo em é embaixador da UNICEF, já publicou livros sobre o racismo e está a frente de uma fundação que luta contra o preconceito.


E, claro, não podemos esquecer dele: o nosso Rei Pelé! Mas sua história e importância para o esporte brasileira você já sabe de cor, certo?!?


Fonte: https://impulsiona.org.br/atletas-negros/

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page