top of page

Pelo aprendizado ao longo da vida

Artigo enviado por Colégio João Paulo I – JOPA


Se hoje você tem entre 35 e 50 anos deve se lembrar da Barsa, não?

Criada no Brasil e lançada em 1964, a enciclopédia foi fonte de pesquisa de estudantes do ensino básico nos anos 80. Posteriormente foi adquirida pela espanhola Editorial Planeta, traduzida para o espanhol, ficou reconhecida por toda América Latina.

Esta definição da Barsa, por sua vez, vem da wikipédia, a enciclopédia livre criada em 2001, alimentada diariamente por milhares de colaboradores de toda parte do mundo. Atualmente com pouco mais de 1 milhão de artigos. Mesmos conceitos, novos modelos.

Entre as habilidades do profissional do futuro do século 21 destacam-se a flexibilidade cognitiva, aquela capacidade de pensar fora da caixa, sabe? O trabalho em grupo e a tal da habilidade socioemocional. Acredita que possuir tais habilidades bastará? Por incrível que pareça, não.



Estudos dizem que, mais necessário do que ter essas habilidades, é a capacidade de saber como utilizá-las em um ambiente multicultural, globalizado e com a tecnologia como um grande habitante natural desse contexto.

Não temos ideia de quais serão as profissões do futuro, mas sabemos que as habilidades necessárias para sobreviver, crescer, ser feliz e ainda se destacar no novo mundo que está por vir vão, como vimos com o desenvolvimento de novas ferramentas de busca e armazenamento de dados, muito além da construção de um trabalho com base na pesquisa da Barsa de Doritta Barret.

Por isso e por outros tantos motivos a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) está comprometida no desenvolvimento do ser humano global, a partir de um programa robusto e com o compromisso na formação integral dos alunos brasileiros.

Quer saber um pouco mais?

E agora, depois de ter visto e vivido na pele esse novo mundo integrado com o home office, o que você acha dessas novas propostas para esses novos tempos?

Fica a dica!


Artigo e imagem enviados por Colégio João Paulo I – JOPA



Saiba mais sobre o Colégio João Paulo I – JOPA


Para o Colégio João Paulo I – JOPA, a educação não é fruto apenas de maturação espontânea. Precisa haver intervenções diretas e indiretas para conquistas intelectuais, sociais e éticas. A missão da escola é mediar a aprendizagem e organizar as relações por meio de ações e abordagens fortemente alicerçadas em valores éticos e morais.


Veja informações completas sobre o Colégio João Paulo I – JOPA no buscador de escolas particulares SchoolAdvisor. Clique aqui.

Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page