top of page

O que muda no Novo Ensino Médio?

Atualizado: 20 de jul. de 2021

Inspirado por países como Finlândia e Estados Unidos, o Ensino Médio no Brasil vai mudar! O chamado Novo Ensino Médio foi aprovado em 2017 e deve ser implementado pelas escolas brasileiras até março de 2022.


O novo modelo educacional incentiva o protagonismo do estudante, que terá a oportunidade de montar um currículo acadêmico personalizado com base no seu Projeto de Vida e interesses pessoais; além de permitir a conclusão do ensino básico com formação técnica ou profissional. As mudanças acontecerão na carga horária; na obrigatoriedade de um Projeto de Vida para o estudante; e na base curricular, que passará a ter disciplinas obrigatórias (chamada Formação Geral Básica) e optativas (que são os Itinerários Formativos).


No novo modelo, 60% do tempo dos estudantes será dedicado à Formação Geral Básica, que são as disciplinas obrigatórias a todos os estudantes. Os outros 40% serão compostos pelos Itinerários Formativos, no qual os alunos poderão escolher as disciplinas que serão cursadas, de acordo com seus interesses pessoais e profissionais.


Formação Geral Básica


A Formação Geral Básica, comum a todos os estudantes, tem como objetivo desenvolver competências, habilidades e objetos de conhecimento por meio das áreas: Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais aplicadas.

Na prática, as disciplinas obrigatórias ao longo dos três anos do Ensino Médio são Matemática, Língua Portuguesa e Língua Inglesa.


Itinerários Formativos




Os Itinerários Formativos e seus currículos podem ser definidos de forma autônoma pelas escolas, mas devem estar dentro de uma ou mais áreas do conhecimento: Linguagens (Português, Inglês, Artes e Educação Física), Ciências da Natureza (Biologia, Física e Química), Ciências Humanas e Sociais (História, Geografia, Sociologia e Filosofia), Matemática e Formação Técnica e Profissional.

Além disso, todos os itinerários devem ser estruturados a partir de pelo menos um dos quatro eixos: Investigação Científica, Mediação e Intervenção Sociocultural, Processos Criativos e Empreendedorismo.

A escola não tem obrigação de oferecer itinerários em todas as áreas e, portanto, será missão dos pais avaliarem quais os itinerários disponíveis no momento da escolha da escola.


Projeto de Vida


Considerando que no Novo Ensino Médio os alunos serão convidados a estruturar seu currículo acadêmico, o desenvolvimento do Projeto de Vida do estudante tornou-se obrigatório em todas as escolas.

Com acompanhamento de um psicólogo na escola ou com programas sócio emocionais, o Projeto de Vida propõe uma reflexão sobre as escolhas da vida adulta, sua trajetória pessoal e seus objetivos.

Segundo a BNCC, o projeto visa, através do desenvolvimento da consciência crítica, da criatividade, da autonomia e da responsabilidade; a construção e reconstrução da própria identidade; a tomada de decisões éticas e fundamentadas; e maneiras de enfrentar os novos desafios presentes na contemporaneidade.

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page