top of page

Mensalidade média das escolas particulares varia 80% entre as capitais do Sul e Sudeste

Vitória (ES) tem a média mais alta (R$1.805,59) enquanto Belo Horizonte (MG) tem a menor (R$1.058,08). Famílias também precisam calcular gastos com material didático, transporte, uniforme e atividades extracurriculares; Calculadora gratuita da SchoolAdvisor ajuda a fechar a conta.



O mais recente levantamento realizado pela SchoolAdvisor, (www.schooladvisor.com.br), site comparador de escolas que organiza informações de cerca de 40 mil estabelecimentos particulares no Brasil, revela a variação das mensalidades em escolas particulares nas regiões Sudeste e Sul do país.

Destaques para a maior média em Vitória – ES, no valor de R$1.805,59, e para a menor em Belo Horizonte – MG, de R$1.058,08 (confira os resultados das demais capitais abaixo).

“É importante ressaltar que os custos com educação vão além das mensalidades. Ao escolher a escola dos seus filhos ou realizar a rematrícula, as famílias precisam considerar que existem outros gastos, como material didático, transporte, uniforme e atividades extracurriculares. Para caber no orçamento familiar, é preciso se planejar”, enfatiza Viviane Massaini, sócia e CEO da SchoolAdvisor.

Para ajudar no planejamento educacional dos pais, a ferramenta Calculadora de Gastos (https://schooladvisor.com.br/calculadora-de-gastos-escola) da SchoolAdvisor permite que as famílias organizem o orçamento da educação dos pequenos com um valor estimado que será investido do berçário até o final do ensino médio.

“De acordo com nossa inteligência de dados e utilizando a mensalidade média de Vitória como exemplo, estimamos que este montante pode chegar a R$897.000,00 considerando toda a vida escolar de um estudante brasileiro”, aponta Fernanda Etlinger, sócia da SchoolAdvisor e responsável pelo time de dados da plataforma, que também traz recomendações e ferramentas de navegação para explorar e identificar afinidades para o projeto educacional das crianças e jovens.


Homem fazendo contas
Imagem WIX


Painel de mensalidades no Sul e Sudeste

De acordo com a pesquisa, Vitória, no Espírito Santo, lidera o ranking com a média de mensalidade mais alta entre as capitais brasileiras, atingindo a marca de R$1.805,59. Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, aparece em segundo lugar, com uma média de R$1.703,53.

Por outro lado, Curitiba, no Paraná, e Belo Horizonte, em Minas Gerais, oferecem mensalidades mais acessíveis, com médias de R$1.155,90 e R$1.058,08, respectivamente.

Florianópolis, em Santa Catarina, tem a menor variação de preços, com mensalidades oscilando entre cerca de R$800 e R$2800 reais.


A maior discrepância é observada em São Paulo, onde os valores podem variar de R$220 reais a surpreendentes R$15.488, com uma média de R$1.536,94.

Por fim, a capital carioca registra uma média de R$1.465,92.

Ainda segundo Viviane Massaini, o estudo é de grande importância para as famílias em diferentes perspectivas. “Ajuda aqueles que planejam mudar de cidade a entender o nível de investimento necessário, bem como aqueles que desejam analisar o custo-benefício das escolas em comparação com a concorrência. A mensalidade escolar é um fator de corte na tomada de decisão dos pais. E preparem-se, pois para 2024, é esperado um aumento entre 7% e 12%”, alerta a especialista.

A pesquisa levou em conta os dados de mensalidades de diversas escolas cadastradas na plataforma, abrangendo desde o berçário até o ensino médio. Fernanda Etlinger explica que as localidades foram escolhidas de acordo com a disponibilidade de dados e parametrizações específicas.

Aqui está a lista das cidades da região Sul e Sudeste pesquisadas e os valores médios de mensalidades:

Vitória, ES - R$1.805,59

Porto Alegre, RS - R$1.703,53

São Paulo, SP - R$1.536,94

Rio de Janeiro, RJ - R$1.465,92

Florianópolis, SC - R$1.408,80

Curitiba, PR - R$1.155,90

Belo Horizonte, MG - R$1.058,08


Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page