top of page

Como ensinar seu filho a comer consciente

Atualizado: 28 de ago. de 2023

Por Liv Up


Não é raro que os pais precisem recorrer aos brinquedos ou telas em muitos momentos. Mas quando o assunto é alimentação, esse tipo de distração pode ser bastante prejudicial. Pensando em promover um estilo de vida mais equilibrado, uma boa saída pode ser o mindful eating, uma técnica que vai te ajudar a ensinar seu filho a comer consciente de uma forma leve e natural.

A verdade é que nascemos bem conectados com as sensações e necessidades do nosso corpo. Não é à toa que os bebês sabem quando estão com fome e quando não estão. Porém, conforme crescemos, as distrações e comportamentos fazem com que nossos instintos fiquem em segundo plano. Nesse sentido, o comer consciente surge com a ideia de ajudar as crianças a ficarem atentas a esse radar biológico e construírem uma relação positiva com os alimentos.


O que é o comer consciente?


Resumindo, o mindful eating propõe focar toda a atenção no ato de comer. Ou seja, entendermos melhor os sinais de fome e saciedade, ficarmos atentos à mastigação, mas também aprendermos a usar todos os sentidos durante as refeições.

Compreender esses aspectos pode ser um desafio até mesmo para os adultos. Por esse motivo é tão importante ensinar as crianças a se familiarizarem com suas necessidades - o que pode inclusive minimizar as chances de desenvolver um distúrbio alimentar no futuro.

O comer consciente estimula a perceber o alimento em sua totalidade, envolvendo aspectos como sabor, textura, aromas e até mesmo a saber mais a respeito da origem dos alimentos e seus benefícios à saúde.


Como ensinar o comer consciente na prática?


A boa notícia é que criar esse hábito no dia a dia da família pode ser feito gradualmente e de uma forma prazerosa, tornando os momentos das refeições ainda mais especiais:

  • Caso haja um bebê em período de introdução alimentar, opte por técnicas que promovem mais autonomia, como o baby led-weaning, que ajuda a estabelecer autocontrole e liberdade ao experimentar os alimentos.

  • Evite qualquer tipo de distração na hora de comer. Sem jogos, brinquedos ou telas. A atenção deve ser focada nos alimentos, no saborear, na mastigação e na saciedade.

  • Estabeleça rotinas em família: o ideal é que os horários para comer sejam regrados e que se faça pelo menos uma refeição em família diariamente. Esse é um momento para reforçar laços afetivos e estabelecer bons hábitos.

  • Outra dica é aguçar os sentidos, criando refeições que atraem pelo colorido, aromas e sabores.

  • Envolva a criança nos processos da cozinha. Seja na lista de compras, ao fazer sua feira online, no preparo dos alimentos, ou mesmo que seja só pra te ajudar a experimentar a comida. É interessante desde cedo que os pequenos tenham familiaridade com as etapas que envolvem a alimentação e não cresçam acreditando que a comida simplesmente “aparece” prontinha na mesa.

  • Eduque sobre os benefícios dos alimentos: quem sabe se você explicar tudo de bom que o espinafre faz pela saúde, seus filhos queiram experimentá-lo? Além disso, misturar novos ingredientes com comidas que os pequenos já gostam são boas maneiras de incentivar a variedade alimentar.

  • Saúde sem neura: evita mencionar calorias ou dietas. Foque na qualidade alimentar e em identificar os sinais de fome e saciedade.


crianças comendo macarrão
Imagem:WIX

Alimentação saudável pode ser prática


Sem dúvidas, estimular as crianças a comer de forma consciente requer dedicação, mas faz toda a diferença para criar uma relação saudável com a comida.


E para dar um alívio na rotina, você pode contar com dicas que te ajudam a otimizar o trabalho na cozinha e ter mais tempo para curtir com seus filhos.


Gostou do conteúdo? Para mais dicas sobre alimentação saudável, conheça o blog da Liv Up. E se você precisar de uma mãozinha para ter refeições leves e práticas, o cardápio da Liv Up tem opções deliciosas.


コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page